2008-01-27

Telhados de vidro...

O presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, confessou-se ontem à noite "irritado" com o clima "conspiratório" dentro do PSD e apelou a que os militantes se mantenham "quietos e calmos" pelo menos até ao fim deste ano.

"Começo-me a irritar com uns jantares e almoços conspiratórios com uns meninos lá de cima do Porto, que nunca me cheiraram bem, com toda a franqueza, uma gente com a qual eu não me identifico", afirmou.(...)

"Cada um tem o direito de ter as suas posições livres dentro de um partido, mas para bem do partido pelo menos até ao fim deste ano estejam todos quietos e calmos", apelou.

Pediu aos militantes para que "não façam conspirações, não andem com baboseiras nos jornais, tenham calma", sublinhando a necessidade de "dar tempo ao tempo" para que se afirme a nova direcção do partido, liderada por Luís Filipe Menezes. (...)

in DN-Madeira

...isso é válido a nível regional?