2006-12-09



É impressão minha ou o PSD é neste momento um partido sem Rei nem Roque?

Bem sei que sempre foi um partido que historicamente consentiu várias linhas de pensamentos e várias correntes* - esta diversidade de pensamento foi uma das razões que levaram este partido a ser o primeiro a obter uma maioria absoluta; em contrapartida o facto de aglutinar e abarcar várias correntes de pensamento, deu azo a que houvesse brechas que minaram a aparente unidade do partido (talvez só nos tempos da primeira maioria do Cavaco, houve uma inequívoca unidade) - mas denota-se que é um partido que se sente inconfortável com o facto de estar na oposição; face a um governo socialista que adoptou uma postura muito pragmática e assume posições mais liberais do que normalmente o PSD faria, com o aparente beneplácito e conveniência do PR, que quer queiram, quer não é umas das referências incontornáveis deste partidos nos últimos 20 anos; assiste-se a um partido que nem soube tirar partido da vaga de descontentamento gerada por algumas medidas impopulares que este governo suscitou...

Por muito que o seu líder queira passar uma imagem de estadista, privilegiando o bem-estar comum (o que é sempre de realçar e não tem paralelo na nossa história política - basta dizer que acrordos de fundo sobre temas chave são muito raros), nota-se que a falta de carisma deste líder, assim como a falta de reacções ou ideias irão precipitar quase de certeza o sacrifício deste...

É que os barões do partido não perdoam e as movimentações já poderão estar em marcha...
Ainda hoje ouvi o Morais Sarmento a dizer e a dar a entender que o PSD tinha um líder fraco; Rui Rio elogia no Público o desempenho de Sócrates e acrescenta que a manter esta linha, o PS de certeza ganhará as próximas eleições, atirando para o ar que Marques Mendes terá que ser mais acutilante e nunca fechando uma eventual candidatura ao partido...

Para bom entendedor...


*aliás habitual nos chamados partidos de massas, normalmente situados no centro político, que têm como objectivo primário a conquista do poder

2 comentários:

Anónimo disse...

O PSD está numa de partido com eleições perdidas, daí ter lá o MM, tal como já teve o Santana, Fernando Nogueira, etc

O PS já teve o Ferro Rodrigues, enfim, os ratos mais espertos abandonam sempre o navio e voltam qd lhes apetece

ClearedFortakeoff

BaBy_BoY_sWiM disse...

Calma... O líder está adormecido... O verdadeiro líder irá reaparecer!