2008-06-01

Massa com Salmão

Numa época em que cada vez mais se vive um espírito de "carneirismo", em que a comunicação social, jornais, revistas colaboram em todo esse complot, é altura de dizer "Chega!". Chega de falta de cultura, chega de desocupação, chega.
Não importa o preço dos combustíveis, as prestações aos bancos, a escola dos miúdos. Não importa o aumento dos produtos alimentícios, os cuidados emergentes com o ambiente, o aumento da criminalidade ou simplesmente a falta de civismo.
O que importa realmente é a selecção. De forma irónica, num dia em que se devia estar a transmitir princípios, sonhos, histórias, pois é o dia da criança, todos os canais estão entupidos com o percurso da selecção, de quantos minutos dormiu Ronaldo na viagem de avião ou qual é a ementa que lhes espera.
Não que tenha algo contra a futebol. Tenho sim contra a mediatização que se faz em torno de algo tão simples como 22 jogadores e uma bola em campo. Acredito num espírito positivo e de apreciação a algo especial como é o Euro. Mas chega.
Chega de exageros, chega de reportagens repetitivas e sem teor informativo nenhum.
Foram mais de 7h de selecção. Cabe a nós a oportunidade de "desmediatizar" e de impôr limites a tudo isto. Somos nós que damos audiência, temos de ser nós a mostrar que queremos e merecemos muito mais do que um dia monopolizado por coisas que abordadas assim, perdem todo o interesse. Sejamos fanáticos ou não, isto não é saudável. Chega.

2 comentários:

Jay disse...

Tambem acho que sim! O Rossi venceu em italia, o Hector Barbera malhou na recta da meta na ultima volta e as equipas portuguêsas no P-WRC fizeram 2º e 3º lugar no mais duro dos Ralis, E NINGUEM FALOU DISSO!.. ah pois.. e as criancinhas fizeram um barulhão do caraças no parque de Santa Catarina.

il _messaggero disse...

de facto há uma certa alienação (paea a qual eu e muitos outros damos a nossa quota parte)...mas já na Roma Antiga o pão e circo eram necessários!

Contudo findo o Euro, veremos se as pessoas acordam para os reais problemas sentidos ou se (o mais normal) não arranjaram outra matéria acessória para se distrair...

Bom post!